A aposentadoria não significa um final, mas sim uma nova fase em que a pessoa poderá realizar outros objetivos e projetos

quarta-feira, 25 de março de 2015

Ministros vão ser ouvidos sobre MPs que alteram benefícios trabalhistas


Lucas Pordeus Leon

Cinco ministros, entre eles o do Planejamento, Nelson Barbosa, o do Trabalho, Manuel Dias e o da Previdência, Carlos Gabbas, devem participar de audiência pública no Congresso Nacional no dia 9 de abril.

Eles foram convidados para debater com os parlamentares sobre as polêmicas medidas provisórias que dificultam o acesso aos benefícios trabalhistas e previdenciários. Essas MPs foram lançadas pelo governo federal como parte do pacote de ajuste fiscal.

As medidas provisórias alteram benefícios como seguro-desemprego, abono salarial, pensão por morte e auxílio-doença.

O relator de uma das MPs, o senador Paulo Rocha, do PT, assumiu que as medidas vão ser alteradas e espera chegar a um consenso.

Sonora
O deputado Paulinho da Força, do Solidariedade, disse que vai trabalhar para derrubar integralmente as Mps.

Sonora
As Comissões Mistas que analisam as Medidas Provisórias também aprovaram audiências com as centrais sindicais e com especialistas.

Fonte: EBC Radioagência Nacional