A aposentadoria não significa um final, mas sim uma nova fase em que a pessoa poderá realizar outros objetivos e projetos

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Senado terá que adequar folha de pagamento ao teto constitucional


Servidores também terão que devolver excedente desde 2008 


O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou que o Senado Federal ajuste a folha de pagamento ao teto constitucional, de R$ 28 mil, salário recebido pelos ministros do Supremo. Os 464 servidores atingidos também terão que devolver o excedente recebido desde 2008, o equivalente a R$ 300 milhões, segundo cálculos preliminares do TCU. O corte da irregularidade deve gerar uma economia de R$ 157 milhões por ano, 10% da folha da Casa.

Além dos salários acima do teto, também foram detectadas irregularidades referentes a horas extras indevidas, jornada de trabalho inferior a oito horas diárias e acúmulo irregular de cargos. O TCU estipulou um prazo de 30 dias para que o Senado se adeque à decisão.

Em nota, o presidente do Senado, Renan Calheiros, informou que o "Senado Federal irá implantar imediatamente a redução da remuneração dos servidores da instituição ao limite constitucional”.

Fonte: Blog do Servidor