A aposentadoria não significa um final, mas sim uma nova fase em que a pessoa poderá realizar outros objetivos e projetos

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

ELEIÇÕES SINDSEP/DF - DIAS 6 E 7 DE AGOSTO NÃO DEIXEM DE VOTAR


O Sindsep/DF é um dos sindicatos mais importantes para o conjunto dos servidores públicos federais em todo país, devido à sua localização estratégica junto à sede do Governo Federal. A Chapa 2 quer um sindicato combativo e independente dos governos de plantão, para defender os interesses dos servidores. Reúne a experiência de lutadores que nunca se deixaram cooptar pelo governo, com a força e vitalidade de vários ativistas novos, que despontaram nos principais processos de luta do último período. 


Os Civis de Órgãos Militares precisam de um sindicato que leve suas bandeiras para o seio do processo de mobilização nacional. Entre os eixos da sua campanha, está a inclusão dos servidores do PGPE lotados nas Organizações Militares no PCCTM, reajuste no vencimento básico da carreira de CTM e dos planos de PCCTM e PGPE, a incorporação das gratificações de desempenho ao vencimento básico e o cumprimento da Lei 10.404/02, que a garante aos aposentados baseada na média dos últimos 5 cinco anos de atividade.

A pauta específica inclui, ainda, a paridade com os três poderes para o auxilio alimentação, aumento no valor da assistência pré-escolar, e a revogação da Portaria nº 4/12 que trata de licença para assuntos particulares. Em sintonia com a campanha unificada do funcionalismo, também defendemos a realização de concursos públicos, o fim das terceirizações e fim do assédio moral.

Pedimos não apenas o seu voto, mas que junte-se a nós na luta! Vamos construir um SINDSEP-DF forte e combativo!


Na FUNAI, os servidores estão travando uma importante luta pela implementação do PCI e reestruturação da Fundação e contra o desmonte que o governo vem promovendo para atender aos interesses do agronegócio. Além de reivindicar a realização de concurso público, o fim do assédio moral e das terceirizações.

O sindicato precisa estar ao lado dos servidores nas lutas gerais e também por suas reivindicações específicas como, por exemplo, a revogação do decreto 7.778/12 e a luta contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 215, que propõem transferir a competência das demarcações, que hoje é feita pela FUNAI, para o Congresso Nacional. A PEC encontra-se em tramitação na Câmara dos Deputados. Pedimos não apenas o seu voto, mas que junte-se a nós nesta luta! Vamos construir um SINDSEP-DF forte e combativo!


No Ministério da Saúde e Funasa, os servidores sofrem com o forte assédio moral e a falta de valorização e de condições de trabalho. Somente com a forte atuação do sindicato e por meio da organização no local de trabalho é possível pressionar os responsáveis para solucionar problemas. Lutamos pela reestruturação da carreira, a extensão da Lei 12.277/10 para todos os níveis, bem como a gratificação de qualificação.

O sindicato precisa estar ao lado dos servidores também nas lutas por suas reivindicações específicas como, por exemplo, a criação de plano de carreira; o fim da avaliação de desempenho, para fins financeiros e punitivos; anistia da compensação das horas da greve; implantação da carga horária de 30 horas semanais, creche com vagas suficientes para atender as demandas de todos os funcionários; realização de concurso público; fim das terceirizações e fim do assédio moral. 

Pedimos não apenas o seu voto, mas que junte-se a nós na luta! Vamos construir um SINDSEP-DF forte e combativo!


A carreira de Ciência e Tecnologia (C&T), que sempre esteve em sintonia com o movimento geral do funcionalismo, precisa de um sindicato que leve suas bandeiras para o seio do processo de mobilização nacional. A partir da campanha de 2012, os trabalhadores conquistaram o reajuste de 15,8% escalonados em 3 anos em cima do vencimento básico (VB) e a regulamentação da Gratificação de Qualificação (GQ). Porém, o governo sequer discutiu a tabela salarial de C&T. A nossa tabela é fundamental para a valorização dos órgãos e institutos. 

O sindicato precisa estar ao lado dos servidores nas lutas gerais e também por suas reivindicações específicas como, por exemplo, a incorporação da Gratificação de Desempenho e Atividade em Ciência e Tecnologia (GDACT) ao VB. Também defendemos concursos públicos, fim das terceirizações e fim do assédio moral. Pedimos não apenas o seu voto, mas que junte-se a nós na luta! Vamos construir um SINDSEP-DF forte e combativo!


No Ministério do Trabalho e Emprego, os funcionários sofrem com a falta de valorização da categoria e de condições de trabalho. O resultado dessa política é o esvaziamento do órgão, onde cerca de 70% dos que ingressaram no último concurso pediram exoneração ou recusaram a nomeação para buscar carreiras com melhores remunerações. 

O sindicato precisa estar ao lado dos servidores nas lutas gerais e também por suas reivindicações específicas como, por exemplo, pela implantação imediata de plano de carreira; pela valorização dos servidores administrativos, através de políticas de treinamento e capacitação permanente; por realização de concurso público; pelo fim do assédio moral; pelo fim das terceirizações; pela suspensão do Registro Eletrônico de Ponto, em face das péssimas condições de trabalho; pela extensão da jornada de 30 horas para todos os setores.

Pedimos não apenas o seu voto, mas que junte-se a nós nesta luta! Vamos construir um SINDSEP-DF forte e combativo!


Os servidores do Ministério da Cultura e órgãos vinculados precisam de um sindicato que enxergue os anseios da categoria e tome atitudes frente ao descontentamento quanto ao não cumprimento dos acordos salariais e de plano de cargos firmados com o governo em 2007 e 2011. Os salários da pasta permanecem inferiores aos da maioria dos demais órgãos federais.

O Sindsep-DF precisa estar ao lado dos servidores nas lutas gerais e também por suas reivindicações específicas como, por exemplo, pela criação do plano especial da Cultura, pela racionalização de cargos e a instituição de adicionais de titulação e de incentivo à qualificação, por concursos públicos, pelo fim das terceirizações e do assédio moral.

Pedimos não apenas o seu voto, mas que junte-se a nós nesta luta! Vamos construir um SINDSEP-DF forte e combativo!


No Ministério da Fazenda, os trabalhadores defendem que os anistiados sejam reintegrados pelo Regime Jurídico Único (RJU); que seja implantada a aglutinação de cargos do PECFAZ; fim do desconto do PSS para os aposentados; extensão da gratificação de qualificação para os servidores do quadro do Ministério da Fazenda. 

O sindicato precisa estar ao lado dos servidores em suas lutas específicas e nas lutas gerais como, por exemplo, exigindo o reajuste no vencimento básico; incorporação da gratificação de desempenho no VB; retorno do anuênio a todos os servidores da administração pública; que a lei 12.777/10 seja para todos e nos três níveis.

Pedimos não apenas o seu voto, mas que junte-se a nós nesta luta! Vamos construir um SINDSEP-DF forte e combativo!


No Ministério da Agricultura, os servidores reivindicam equiparação salarial com a área de fiscalização; inclusão dos administrativos na lei 12.777/10; a Gratificação de Qualificação; o fim do ponto eletrônico; garantir a aglutinação de cargos de auxiliares para o nível intermediário; incluir o cargo de biólogo na carreira de fiscal agropecuário; incorporar as gratificações concedidas a CEPLAC e ao INMET e garantir aos atuais servidores o enquadramento na carreira de C&T.

O sindicato precisa estar ao lado dos servidores em defesa de suas lutas específicas e também nas lutas gerais como, por exemplo, pelo fim das terceirizações e do assédio moral. Pedimos não apenas o seu voto, mas que se junte a nós nesta luta! Vamos construir um SINDSEP-DF forte e combativo!


O setor da educação é o mais defendido nas manifestações. Porém, o governo não ouve as vozes que exigem valorização desta área fundamental.

O sindicato precisa estar ao lado dos trabalhadores da educação para lutar por melhores condições de trabalho; por investimento em infra-estrutura das escolas, universidades e institutos, especialmente do interior; contra as privatizações, como a EBSERH; pela criação do plano de carreira para os servidores do MEC, pela garantia da continuidade e qualidade do seu plano de saúde, o GEAP; entre outras reivindicações. 

Para ter força frente aos ataques do governo, as bandeiras específicas da educação devem sempre ser conciliadas com as da campanha unificada do funcionalismo e com a luta de todos trabalhadores. Por isso, também defendemos a realização de concursos públicos em todo o serviço público, o fim das terceirizações e fim do assédio moral.

Pedimos não apenas o seu voto, mas que junte-se a nós na luta! Vamos construir um SINDSEP-DF forte e combativo!


Desde o início do ano, os servidores da área ambiental têm buscado se organizar contra o aumento abusivo do plano de saúde que os atende, o GEAP. Onde houve mobilização, os resultados foram positivos. É necessário ir além, na defesa dos direitos, pois o governo quer acabar com o convenio da GEAP ainda em 2013. A categoria precisa de um sindicato que leve suas demandas para as mobilizações nacionais de todos os trabalhadores, porque juntos somos mais fortes.

Entre as reivindicações da área ambiental está a ampliação do valor do vencimento básico em relação à gratificação (GDAEM); diminuição da diferença salarial entre os cargos de nível superior e intermediário; adicional de periculosidade, insalubridade e penosidade; reenquadramento do PGPE para o PECMA; cálculo da GDAEM para aposentadoria e gratificação de interiorização ou zona local. 

Essas bandeiras devem sempre ser conciliadas com as da campanha unificada do funcionalismo. Por isso, também defendemos a realização de concursos públicos, o fim das terceirizações, fim do assédio moral e dos PADs persecutórios.

Pedimos não apenas o seu voto, mas que junte-se a nós na luta! Vamos construir um SINDSEP-DF forte e combativo!

QUER UM SINDICATO QUE LUTE PELOS INTERESSES DA CATEGORIA,

INDEPENDENTE DE PARTIDO E GOVERNO?

ENTÃO MUDE! ESSA É A HORA!

VOTE CHAPA 2 - RENOVAR PRA LUTAR