A aposentadoria não significa um final, mas sim uma nova fase em que a pessoa poderá realizar outros objetivos e projetos

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Todos às ruas na quinta, 11. Em Brasília, servidores vão buscar respostas do Planejamento sobre pauta apresentada em fevereiro


O fórum que reúne 31 entidades nacionais em defesa dos servidores e serviços públicos realizou um encontro nesta segunda-feira na sede da Condsef. O objetivo foi definir detalhes da participação da categoria no grande Dia Nacional de Lutas com paralisação de atividades que acontece nesta quinta, 11, em todo o Brasil. A Condsef reforça a importância da participação nesta atividade, fundamental para unir forças em torno da pauta da classe trabalhadora do país. Em Brasília haverá concentração a partir das 15 horas ao lado da Biblioteca Nacional. Em marcha, os trabalhadores dos mais variados segmentos vão caminhar lado a lado pela Esplanada dos Ministérios reforçando as principais pautas que mobilizam a categoria (veja aqui). Em seguida, os servidores vão estender a atividade até o Bloco K do Ministério do Planejamento para cobrar da ministra Miriam Belchior respostas sobre a pauta (veja aqui) protocolada no Planejamento em fevereiro.

A expectativa é de que a ministra finalmente receba a representação dos servidores públicos para abertura efetiva de um diálogo que busque soluções para as demandas mais urgentes do setor e que são postas como prioridade nas manifestações que ocorrem por todo o Brasil. A pauta dos servidores dialoga diretamente com as demandas da população que não apenas exige mas tem direito a serviços públicos de qualidade, justificando as altas taxas de impostos cobradas pelo governo e que vem gerando recordes sucessivos de arrecadação.

Contra a precarização do trabalho por meio das terceirizações – A Condsef também participa nos dias 9 e 10 de julho das movimentações no Congresso Nacional contra o PL 4.330/04. O projeto entra na pauta de votação essa semana e precisa ser combatido. Clique aqui para ler ver o hotsite produzido pela CUT (Central Única dos Trabalhadores) contra o PL 4.330/04 e em defesa do direito dos trabalhadores e trabalhadoras ameaçados pela terceirização. E para reforçar a participação nas atividades do dia 11 de julho clique aqui e curta a página “11 de julho – Paralisa geral” no Facebook.

Essas são atividades de todos que lutam por um Brasil melhor, com desenvolvimento, valorização do trabalho, distribuição de renda e justiça social e a Condsef, suas filiadas e toda sua base não podem ficar de fora. Participe. Leve sua bandeira e reforce a luta em defesa de seus direitos. Todos às ruas nesta quinta, por um Brasil com servidores valorizados e serviços públicos de qualidade para todos.

Fonte: Condsef