A aposentadoria não significa um final, mas sim uma nova fase em que a pessoa poderá realizar outros objetivos e projetos

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Ministério Público quer a demissão de 3 mil terceirizados da prefeitura de BH


A prefeitura de Belo Horizonte pode ser obrigada a demitir cerca de 3 mil funcionários terceirizados da área de saúde. O motivo é uma ação civil pública proposta pelo Ministério Público (MP) de Minas Gerais, que pede a dispensa imediata dos servidores. Segundo o MP, existem casos em que a pessoa presta serviços ao município há quatro anos, prazo superior ao que permite a lei, que prevê a contratação temporária apenas em caso de excepcional interesse público. Na ação, protocolada em 27 de maio, o MP também pede que os concursados para vários desses cargos sejam convocados. Conforme o promotor de Justiça Nélio Costa Dutra Júnior, autor da ação, o município terá que, no prazo de 180 dias, publicar edital para substituir os contratados, sem que haja prejuízo na prestação do serviço.

Fonte: Correio Braziliense