A aposentadoria não significa um final, mas sim uma nova fase em que a pessoa poderá realizar outros objetivos e projetos

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Frente Parlamentar em Apoio à Reestruturação da Polícia Federal.


Por iniciativa do Deputado Federal Otoniel Lima (PRB-SP), foi criada a Frente Parlamentar de Apoio à Reestruturação da Polícia Federal. Na tarde desta terça-feira, 04, durante seu discurso de aproximadamente 25 minutos no Plenário da Câmara, em defesa da modernização e democratização das relações de trabalho no âmbito da PF, ele expressou aos congressistas sua preocupação com o descaso do Governo Federal em relação à grande maioria dos policiais federais, e criticou a demora na aprovação do adicional de fronteira.

A Frente Parlamentar que visa democratizar a Polícia Federal foi criada no último dia 28 de maio e teve assinatura de 232 deputados, cerca de 45% dos parlamentares da Casa. Os dois principais objetivos do movimento são: trabalhar pelo reconhecimento dos servidores da Policia Federal e fortalecer as ações do órgão de segurança pública nas questões referentes ao crime organizado transnacional e interestadual, com ênfase no combate ao narcotráfico, um dos maiores problemas sociais do país.

Na tarde do dia 05, no segundo dia da assembleia geral extraordinária do Conselho de Representantes da Fenapef, o deputado Otoniel anunciou e comemorou junto aos dirigentes sindicais a criação da Frente Parlamentar.

Otoniel Lima destacou a importância que a categoria tem para o país e aproveitou para defender a causa da Federação, em relação ao justo reconhecimento das atividades complexas que são exercidas há décadas pelos agentes, escrivães e papiloscopistas, mas nunca foram consideradas pelo Governo, que na última década desvalorizou esses cargos em relação às demais carreiras típicas do Executivo. “Acho que a Polícia Federal precisa ser reestruturada. Os servidores bem remunerados terão uma atuação melhor. A PF está sendo desvalorizada pelo governo”, completou.

O Parlamentar é contrário à terceirização irregular das atividades do Departamento de Polícia Federal, e favorável à ampliação do quadro de servidores operacionais e administrativos. Ao final ele parabenizou a atuação da nova diretoria da Fenapef.

Na AGE da Fenapef ocorrida nesta semana participaram também o presidente da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol) Janio Bosco Gandra, a presidenta doSindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (Sindireceita), Sílvia Helena de Alencar, e o presidente da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), Pedro Cavalcanti.

Fonte: Federação Nacional dos Policiais Nacionais