A aposentadoria não significa um final, mas sim uma nova fase em que a pessoa poderá realizar outros objetivos e projetos

quinta-feira, 14 de março de 2013

Proposta de reestruturação do Dnocs será apresentada no próximo dia 20 à bancada do Nordeste

Terminou agora a pouco, na sala da presidência da Câmara dos Deputados, a reunião requisitada pelo deputado federal Eudes Xavier (PT-CE) com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, para debater o processo de reestruturação do Dnocs. No final do encontro, a ministra confirmou a abertura de uma Comissão Geral para discutir o assunto e os impactos das secas na região nordestina. 

Miriam Belchior garantiu que o Ministério do Planejamento apresentará à bancada federal do Nordeste, no próximo dia 20, a proposta de reestruturação planejada para o Dnocs. Na tarde de ontem, o deputado Eudes Xavier tratou do tema numa reunião com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, que também manifestou total apoio à luta pelo fortalecimento da instituição. 

Eudes Xavier avalia positivamente os resultados dos dois encontros. “Estamos otimistas com o envolvimento desses dois importantes ministérios na batalha por um Dnocs fortalecido. Acreditamos que a instituição será completamente reestruturada para continuar trabalhando pelo nordeste, principalmente agora quando atravessamos um grave período de estiagem“, ressaltou o deputado.

O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), segundo sua legislação básica, tem por finalidade executar políticas do Governo Federal, no que se refere a beneficiamento de áreas e obras de proteção contra as secas e inundações, irrigação, radicação da população em comunidades de irrigantes e subsidiariamente, outros assuntos que lhe seja cometidos pelo Governo Federal, nos campos do saneamento básico, assistência às populações atingidas por calamidades públicas e cooperação com os Municípios, possuindo grande atuação no semi-árido do Nordeste e norte de Minas Gerais.

São 327 barragens, totalizando 27 bilhões de m³ de águas, além de milhares de poços tubulares. O órgão administra 27 perímetros irrigados, 14 deles no Ceará. O 28° está sendo construído na Chapada do Apodi, no Rio Grande do Norte. A transposição do rio São Francisco vai integrar a maioria dessas obras. O início das operações está previsto para 2014 nos eixos norte e leste.