A aposentadoria não significa um final, mas sim uma nova fase em que a pessoa poderá realizar outros objetivos e projetos

sábado, 1 de setembro de 2012

Governo federal sinaliza para negociar a transposição dos servidores de RO


Salários podem ser equiparados, diz assessor do governo estadual.
Segundo decisão, servidores estaduais não teriam vencimentos alterados.


Após reuniões e descontentamentos com a decisão em relação à transposição dos servidores estaduais de Rondônia, o governo federal sinalizou, no fim do mês de agosto, uma possível negociação com o Estado.

De acordo com a decisão, que atinge cerca de 9 mil trabalhadores de Rondônia, anunciada em 7 de agosto, apenas servidores contratados até 1987 fariam parte da transposição e os salários seriam mantidos.

Mas segundo o secretário especial do governo, Mário Jorge, a União voltou atrás e disse que pagaria os salários dos servidores de forma equiparada, mas a diferença teria que ser parcelada. Ainda segundo o assessor, na próxima semana, o governador de Rondônia, Confúcio Moura, deve ir a Brasília, DF para tratar das negociações.

Entenda
No dia 5 de julho de 2011 a presidente Dilma Roussef, em visita à capital do estado, assinou o Decreto n° 7.514, diante dos funcionários públicos, para a regulamentação da Emenda Constitucional (EC) nº 60 que garante a transposição.

Com a efetivação da EC, mais de 20 mil servidores contratados até o ano de 1991 passariam para o quadro federal. O estado economizaria cerca de R$ 40 milhões por mês com a folha de pagamento.

Fonte: Globo.com/G1